QUANDO PERCO O DENTE DA FRENTE, O QUE FAZER? – Bibancos %

QUANDO PERCO O DENTE DA FRENTE, O QUE FAZER?

QUANDO PERCO O DENTE DA FRENTE, O QUE FAZER?

Bibancos Odontologia

Segundo dados do IBGE 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente e 41,5% das pessoas com mais de 60 anos já perderam todos.

A pesquisa mostra ainda que 52% dos entrevistados disseram que a perda de dentes deixou a aparência do seu rosto pior;
43% afirmaram que a perda de dentes lhes atrapalha namorar ou paquerar; e
21% disseram que a condição lhes impediu de fazer novos amigos.
Sobre autoestima e fala, 38% dos entrevistados manifestaram se sentirem mais inseguros para ir a festas e eventos sociais; e
41% relataram mais dificuldade na pronúncia das palavras após a perda de dentes.

A perda dentária repercute no bem-estar emocional, além de debilitar a aparência e algumas atividades cotidianas.

Um dos principais motivos da perda dentária é a doença periodontal. A doença periodontal é um processo inflamatório e infeccioso que prejudica o osso que suporta o dente.

Para evitar esse problema é fundamental fazer uso correto, diário e frequente da escova, creme e fio dental.

Uma má higienização ou uma higienização feita de maneira errada é um fator de risco para a doença periodontal. Às vezes existe um fator genético, de predisposição dessa doença.

Alguns dos sinais mais comuns: sangramento e vermelhidão gengival, odores e inchaço, dor e até dentes começarem a ficar amolecidos.

Por isso é fundamental as visitas regulares ao dentista para avaliação e acompanhamento clínico e com radiografias.

Mas existem outras maneiras de você perder um dente, principalmente um dente da frente.

Entre as causas está o trauma nos dentes, ou seja, quando você sofre um acidente e alguma parte do dente fica fraturada ou até mesmo o dente sai por completo da sua boca.
Para evitar piores danos, você deve ir imediatamente ao dentista. Ele vai avaliar a extensão do dano e apresentar as soluções.

Mas e se o dente quebrou e somente a raiz permaneceu dentro do osso?
Bom, se a raiz estiver em boas condições, o dentista pode tratar o canal dessa raiz e fazer uma coroa com pino. Ele será instalado na raiz e irá substituir a coroa perdida.

Mas se o dentista constatar que a raiz está prejudicada, a primeira coisa a fazer é removê-la. Então ele vai apresentar algumas opções de tratamento:
a primeira e melhor opção, porém a mais cara, é fazer o implante e a prótese sobre implante.
A segunda opção é uma prótese fixa… O dentista confecciona um dente que vai ficar suportado pelos dentes vizinhos.
A terceira opção é uma prótese parcial removível.

Você sofreu um acidente e seu dente saiu por inteiro?
Nesse caso faça o seguinte: vamos manter o dente úmido, para isso armazene-o como está na própria boca ou em recipiente com leite. Não coloque o dente de volta no lugar, apenas mantenha ele na boca… se foi seu filho que perdeu o dente, você pode guardar o dente dele na sua boca ou no leite até ir no dentista.
Você deve ir imediatamente no dentista para que ele avalie a possibilidade de fazer o reimplante, ou seja, colocar o seu dente de volta no lugar.

Esse tipo de tratamento é bem delicado, mas as chances positivas existem como comprovadas na literatura. O pronto atendimento deve ser feito de forma adequada para que as chances aumentem.
É fundamental o acompanhamento periódico do dentista para avaliar como está a saúde do dente após o reimplante.

Outra coisa que pode levar a perda dos dentes é o bruxismo. Ele pode fazer com que seu dente quebre ou trinque. Nesse vídeo aqui eu falo mais sobre o bruxismo e como tratar.
Em qualquer uma das situações que conversamos você deve procurar o dentista quanto antes.
Se você não tem condição de ir ao dentista particular, saiba que os postos de saúde odontológicos da sua cidade são obrigados a oferecer o pronto atendimento.



Olá, utilizamos cookies para melhorar sua experiência! Ao continuar navegando, você concorda com sua utilização.

Saiba mais Ok